25 março 2010

A Força e a beleza de Ser Mulher


A força e a Beleza de Ser Mulher ,acho que esse nome combina muito com sua Dona , a nossa amiga Geisa , pois e isso que sinto cada vez que entro no seu blog e leio seus textos , no qual ela coloca toda sua força e beleza e inteligência , seu Blog tem varios textos lindos , mas escolhi esse por achar que tem tudo haver !
Se voce não conhece , va la agora mesmo

Esse texto pertence  a Geisa Machado 


SEGUNDA-FEIRA, 16 DE NOVEMBRO DE 2009


REPENSANDO O FEMININO

A mulher ficou subjugada ao homem por milênios, quase entrando em extinção. Por ser a figura feminina uma força tão vital quanto a figura masculina, ela eclode indo em busca da sua competência e conquistando os seus direitos.
Hoje ela ocupa cargos importantes nas mais diversas áreas, onde antes só era permitido aos homens atuarem.
Como uma panela de pressão, a mulher explode. E ela explode porque foi maltratada e humilhada.
Hoje a mulher está lado a lado com o homem certo? Errado. Hoje ela está se tornando o próprio homem. Para combater seu agressor, ela está se tornando este próprio agressor.
Na realidade, o que ocorre nos tempos atuais é que as mulheres, inconscientemente, querem se vingar dos homens, ou seja, querem se vingar daquele que as oprimiu.
No momento, ela é tão forte quanto o homem, certo? Errado de novo. Eles são fortes e nós somos a força. E estamos abrindo mão desta força por confundi-la com fraqueza.
Se observarmos mais atentamente, a mulher está usando muito o seu lado masculino, ou seja, ela está se masculinizando. È claro que existe um medo de ser subjugada novamente, mas isso só faz com que ela se desequilibre fisicamente, psiquicamente e energeticamente.
Fisicamente porque as estatísticas mostram que o número de enfartes está ocorrendo com mais freqüência nas mulheres. Uma das causas é a jornada dupla, trabalhar fora e dentro de casa. Fora de casa para se igualar aos homens e dentro de casa porque as tarefas domésticas ainda são de responsabilidade da mulher.
Psiquicamente porque ela está querendo pensar como o homem, sendo que existem diferenças nos aparelhos psíquicos. Eles pensam, agem e se comportam de forma diferenciada, o que garante a existência destes dois universos tão distintos entre si.
Energeticamente porque a essência da mulher é feminina e sem perceber ela está abrindo mão da sua feminilidade por associá-la a “frescura”, e num mundo tão competitivo como o dos homens, isso é condenável.
Emocionalmente somos todos primitivos, machos e fêmeas ainda estão se digladiando na busca por alimento (afeto).
Portanto, na grande mudança que está ocorrendo na sociedade contemporânea, o trabalho da mulher é conscientizar-se para deixar de ser fêmea e tornar-se... mulher. Ao invés de usarmos a nossa sensualidade para atraí-los, este comportamento masculinizado contribui para afastá-los ainda mais.
Pense nisso!
"Geisa Machado"


4 comentários:

  1. Novo blog, e um arraso assim como lindas postagens.
    Beijos, Mauro

    ResponderExcluir
  2. Nossa, muito bom o texto da Geisa. Concordo em quase tudo o que está dito ali, meus pontos de discordância em nada ofuscam o brilho do texto. Não acho que a mulher esteja se masculinizando, o mundo em que estamos vivendo é masculino. Nós mulheres estamos na luta, e estamos justamente em época de travessia, pois não conquistamos ainda nossos direitos aos olhos da sociedade como um todo. É certo que existem leis que nos colocam lado a lado com os homens, e isso é, sem dúvida um grande caminho andado, mas não é tudo, precisamos ainda de mecanismos ágeis para fazer cumprir essas leis. Por outro lado, penso que a mulher necessita entrar no jogo "masculino" para conhecer as regras e estudar os meios de modificá-las para que possam servir aos dois gêneros, senão, é malhar em ferro frio. Se ela sofre? Mas é claro, sofre física, psíquica e socialmente, mas no presente momento é o preço que estamos pagado pelas nossas conquistas. E digo mais, temos pela frente a mais árdua luta de todos os tempos: a conquista de um salário digno, compatível com as funções que exercemos. E é aqui o bicho pega. Sem dinheiro, nada feito. O resto é perfumaria. Mulheres nos postos de comando, são exceções, porque será hein?
    Bem, agora chega de conversa, vou parando por aqui. Eis minha modesta contribuição nesse assunto tão importante para nós mulheres.
    Beijo grande.

    ResponderExcluir
  3. Obrigada minha querida pelo carinho como me descreveu e pelo espaço oferecido para colocar uma postagem minha! Eu é que me sinto honrada por estar aqui!
    Bjussss

    ResponderExcluir

Poxa... já que veio até aqui, não custa comentar né??

Me deixe bem feliz e comente!

Um abração!